Oferta e procura de emprego

Fórum de partilha de informação acerca das áreas de Saúde, Educação e Ciências Sociais


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Procedimento concursal comum - Hospital Nossa Senhora da Conceição de Valongo

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

Pearl

avatar
Admin
Procedimento concursal comum com vista ao preenchimento
de um posto de trabalho na carreira
e categoria de técnico superior do mapa de pessoal
1 — Nos termos do artigo 50.º da Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro,
atento o disposto no n.º 2 do artigo 6.º do mesmo diploma e
no artigo 19.º da Portaria 83-A/2009, de 22 de Janeiro, faz-se público
que, por deliberação do Conselho de Administração de 27 de Agosto
de 2009 se encontra aberto, pelo prazo de 10 dias úteis, a contar da data
da publicação do presente aviso no Diário da República, procedimento
concursal para o preenchimento de um posto de trabalho, na categoria
e carreira de técnico superior, do mapa de pessoal do Hospital Nossa
Senhora da Conceição de Valongo, na modalidade de contrato de trabalho
em funções públicas por tempo indeterminado.

5 — Local de trabalho — na área geográfica de intervenção deste
Hospital;
6 — Caracterização do posto de trabalho: O posto de trabalho a
concurso caracteriza-se pelo exercício de funções na carreira técnico
superior, tal como descrito no anexo referido no n.º 2 do artigo 49.º da
Lei n.º 12-A/2008, de 27 de Fevereiro, nomeadamente no atendimento
e acompanhamento social.

7 — Requisitos de admissão:
7.1 — Ser detentor de relação jurídica de emprego público por tempo
indeterminado ou encontrar-se em situação de mobilidade especial e
possuir os requisitos enunciados no artigo 8.º da Lei n.º 12-A/2008, de
27 de Fevereiro, a saber:
a) Nacionalidade portuguesa, quando não dispensada pela Constituição,
convenção internacional ou lei especial;
b) B) 18 anos de idade completos;
c) Não estar inibição do exercício de funções públicas ou não interdição
para o exercício das funções que se propõe desempenhar;
d) Robustez física perfil psíquico indispensáveis ao exercício das
funções a que se candidata;
e) Cumprimento das leis de vacinação obrigatória.

7.2 — Requisitos especiais:
a) Licenciatura em serviço social
8 — Condições preferências: Possuir experiência profissional na área
da saúde, na Rede Nacional de Cuidados Continuados e Gabinete do
Utente/SIM-SIM Cidadão.

11 — Formalização das candidaturas: Nos termos dos artigos 27.º e
51.º da Portaria n.º 83-A/2009, de 22 de Janeiro, as candidaturas deverão
ser formalizadas mediante preenchimento do formulário tipo, obrigatório,
publicitado pelo Despacho (extracto) n.º 11321/2009, DR, n.º 89,
2.ª série, de 8 de Maio e disponibilizado no sítio deste Hospital (www.
hvalongo.min-saude.pt), dirigido ao Presidente do Júri, entregue pessoalmente
no Serviço de Recursos Humanos do Hospital Nossa Senhora
da Conceição de Valongo, Rua da Misericórdia 4440-563 Valongo, ou
remetido pelo correio, com aviso de recepção, desde que expedido até
ao termo do prazo fixado.
11.1 — Não serão admitidas candidaturas enviadas por endereço
electrónico.
11.2 — O formulário de candidatura deverá ser acompanhado sob
pena de exclusão de:
a) Fotocópia simples do certificado de habilitações literárias;
b) Três exemplares do currículo profissional detalhado, devidamente
assinado;
c) Fotocópias simples dos documentos comprovativos das habilitações
profissionais, cursos e acções de formação com indicação das entidades
promotoras e respectiva duração;
d) Fotocópia simples do Bilhete de identidade ou cartão de cidadão.
e) Declaração passada e autenticada pelo serviço de origem da qual
conste a relação de emprego público por tempo indeterminado, com
indicação da antiguidade na categoria e carreira e n Administração
Pública nos termos da alínea d) do n.º 2 do artigo 11.º da Portaria 83-
A/2009, de 22 de Janeiro.
f) Comprovativo da avaliação de desempenho relativa ao último
período não superior a três anos, em que o candidato cumpriu ou executou
atribuição, competência ou actividade idênticas às do posto de
trabalho a ocupar.
11.3 — Os candidatos são dispensados da apresentação dos documentos
comprovativos dos requisitos a que se refere o n.º 7.1 deste aviso
devendo, declarar por sua honra e em alíneas separadas relativamente
a cada um deles, a situação precisa em que se encontra.
12 — A não entrega de fotocópia dos certificados comprovativos
da formação profissional realizada tem como consequência a sua não
valoração em termos curriculares.

15 — Métodos de selecção: este procedimento concursal comum de
recrutamento é urgente devido à necessidade de repor recursos humanos
indispensáveis para prosseguir com as actividades inerentes deste
Hospital pelo que, de acordo com o previsto no n.º 4 do artigo 53.º da
Lei n.º 12-A/2008, de 22 de Fevereiro e do n.º 2 do artigo 6.º e artigo 7.º
da Portaria 83-A/2009, de 22 de Janeiro, os candidatos realizarão os
seguintes métodos de selecção:
Avaliação curricular (AC) — como método obrigatório;
Entrevista profissional de selecção (EPS) — como método facultativo.

Fonte:
http://dre.pt/pdfgratis2s/2009/11/2S213A0000S00.pdf

Ver perfil do usuário http://saudesocialeducacao.forumeiros.com

Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum